• Página inicial
  • Técnicas

  • Profissionais

  • Dicas e Matérias

  • Contato
  • Institucional



Magnésio e Os Benefícios para a sua saúde

Publicado em 25/01/2023


Os benefícios do Magnésio não são poucos. O magnésio é um dos nutrientes mais importantes para a nossa saúde e bem-estar. Ele é o quarto mineral mais abundante em nosso organismo e participa de mais de 300 reações bioquímicas. Por isso é importante manter os níveis desse mineral sempre em dia!


 





O que é o Magnésio?


O magnésio é o quarto mineral mais abundante no nosso organismo, atrás apenas do cálcio, do sódio e do potássio. O corpo humano possui entre 20 e 28 gramas de magnésio, sendo que a maior parte desse nutriente está concentrada no esqueleto (de 60 a 65%) e nos músculos (de 34% a 39%).


Ele também pode ser encontrado em diversos alimentos, suplementos, medicamentos e, inclusive, na água.


 

Para que serve o magnésio?


O magnésio possui um papel importante no nosso organismo e atua em mais de 300 reações bioquímicas fundamentais para o corpo humano. Os benefícios do magnésio incluem auxílio nas funções musculares e nervosas, regulação da pressão arterial, contribuição ao sistema imunológico, entre outros.

 


Quais são os benefícios do magnésio?


Potencializa as funções do cérebro

A concentração adequada de magnésio no nosso organismo favorece a neuroplasticidade e potencializa a atividade cerebral, o que contribui para o aprendizado e para a memória de curta e de longa duração.


 

Favorece o alívio do estresse, ansiedade e depressão

O magnésio também está relacionado à produção da serotonina, neurotransmissor que ajuda a diminuir a ansiedade e que contribui para o bem-estar físico e mental.


Atua diretamente na prevenção à osteoporose

Esse importante mineral é necessário para a formação óssea e atua na prevenção de doenças como a osteoporose. O magnésio está ligado à produção de hormônios, que regulam os níveis de cálcio no sangue, e à ativação da vitamina D, que atua na absorção do cálcio pelo organismo.

 


Reduz o risco de hipertensão e doenças cardíacas

Um dos principais benefícios do magnésio é sua atuação no controle da hipertensão e das doenças cardíacas. O mineral ajuda a evitar o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos e a regular a pressão arterial, diminuindo as chances de complicações cardiovasculares.


 

Atua na prevenção de enxaqueca e dores de cabeça

O magnésio também atua sobre os vasos sanguíneos do crânio, ajudando a prevenir enxaqueca e dores de cabeça.


 

Auxilia nas funções musculares

Outra função do magnésio muito importante é sua capacidade de melhorar a contração muscular. O mineral ajuda a evitar a cãibra, devido à sua participação junto ao potássio, além de auxiliar na recuperação muscular, sendo um nutriente importante para o desempenho físico.


 

Importante contribuição no tratamento do diabetes

O mineral também participa do metabolismo da glicose e da produção da insulina, auxiliando na prevenção do diabetes tipo 2.

 

Suaviza as cólicas menstruais e a TPM

A suplementação de magnésio é indicada para mulheres para ajudar a diminuir as cólicas e outros sintomas da tensão pré-menstrual (TPM).

 


Auxilia ao combate à azia e a má digestão

Ajuda a aliviar a azia e a má digestão quando na forma de hidróxido de magnésio, geralmente presente em laxantes e antiácidos.

 


Quais são os alimentos ricos em magnésio?

Os alimentos ricos em magnésio incluem leguminosas, oleaginosas, grãos integrais, vegetais verdes-escuros, entre outros. Abaixo está a lista de alimentos rico em magnésio:


·         Leguminosas: feijão e lentilha;

·         Oleaginosas: amêndoas, avelã, castanha-de-caju e castanha-do-pará;

·         Grãos integrais: aveia, trigo integral e arroz integral;

·         Sementes: de abóbora e girassol;

·         Frutas: banana, kiwi e abacate;

·         Vegetais: brócolis, abóbora, couve e espinafre;

·         Laticínios: leite, iogurte e derivados;

·         Café;

·         Carnes;

·         Cacau.


 


Quando devemos tomar suplemento de magnésio?

A suplementação de magnésio deve ser indicada em caso de deficiência do mineral evidenciada laboratorialmente ou diante do aumento da sua demanda em algumas condições clínicas. A quantidade diária conforme recomendada pela ANVISA para adultos é 260mg. Porém a dose é variável dependendo das necessidades de cada indivíduo.


 Manipulados com magnésio

Diante do benefício que precisamos encontrar para o indivíduo, nas suas peculiaridades, temos várias formas de prescrição do magnésio com a sua indicação clínica. Pode também ser usado mais de uma forma em uma mesma formulação.


 

·         Magnésio ascorbato: obtêm-se os benefícios do magnésio e da vitamina C. Indicado principalmente para o sistema imune e cardíaco.

·         Magnésio aspartato: associado ao ácido aspártico, é indicado principalmente para o tratamento de cardiopatias, fadiga crônica e estresse físico e mental.

·         Magnésio citrato: alta biodisponibilidade oral, porém apresenta efeito laxativo em alguns pacientes. Usado nas mais diversas patologias a nível dos sistemas cardiovascular, neuromuscular e nervoso.

·         Magnésio cloreto: melhor absorção tópica.

·         Magnésio carbonato: possui propriedade antiácida. É indicado para pessoas que sofrem com indigestão e refluxo.

·         Magnésio inositol: une os benefícios do magnésio aos do inositol, uma das vitaminas do complexo B.

·         Magnésio Dimalato: indicado para melhorar a energia e o desempenho em atividades físicas, assim como para patologias como a fibromialgia.

·         Magnésio óxido: forma menos absorvida pelo organismo e utilizada pelo efeito laxativo.

·         Magnésio sulfato: boa absorção tópica. Efeito laxativo via oral.

·         Magnésio taurato: associação do magnésio com L-Taurina para a saúde cardiovascular e o manejo da diabetes mellitos tipos II.

·         Magnésio treonato: uso associado a processos cerebrais como cognição, aprendizagem, memória e Alzheimer.

·         Magnésio quelado: a quelação aumenta a biodisponibilidade do magnésio e facilita o reconhecimento e absorção do mineral pelo organismo. Forma usada nas mais diversas patologias a nível dos sistemas cardiovascular, neuromuscular e nervoso.

 


Esperamos que essa matéria tenha sido útil para você.


Um abraço da Equipe ArvoreSer!


Compartilhe:

 




Visualizações: 516

Entre em contato

Site seguro

https://arvoreser.med.br/ https://arvoreser.med.br/